Contos

Fonte: Contos

Anúncios

E no final algo emocionante ocorre.

(…)

Enfim, John Dekowes novamente se supera neste livro, filosofando sobre algo além do puro cientificismo, ele introduz uma cisma sociológica relevante ao tocar no íntimo da religião e suas distorções, mais do que isso, ele realiza um estudo sobre as dúvidas mais intrínsecas de qualquer ser vivente: De onde eu vim? Por que existo? Como eu existo? E o que é todo este vazio que me preenche? É a alma? E de onde ela veio? Para onde ela vai?

E sim… As respostas ainda cabem para o bom senso de cada um.

O livro é uma obra digna de ser chamada Ficção Científica irá levar o leitor a outro lugar completamente diferente da onde vivemos, com outros objetivos, não só comer, dormir e fazer necessidades fisiológicas. Sem falar nas descrições aguçadas dos fenômenos que irão incidir sobre um planeta Terra futuro e combalido.

Realmente me transportei ao ler o livro e sinceramente pude internalizar os conflitos de M’arya e R’annkonn como se fossem meus próprios conflitos. E por trás de tudo isso, ainda havia aquele senso comum a todos, que mesmo buscando o poder sobre um planeta e mesmo criando guerras, e eclodindo conflitos sem sentido, no fundo somos todos da mesma raça, somos humanos.

Só posso dizer que recomendo esta leitura, tenha paciência e persistência e você chegará a um final emocionante.

(Leia a resenha inteira aqui)

Lorna Dannan